20°C 29°C
Feira de Santana, BA
Publicidade

Jerônimo Rodrigues manda recado para Bolsonaro e expõe 'herança perversa' do ex-presidente: "ele vai pagar"

O governador da Bahia destacou a 'herança perversa' deixada por Bolsonaro na área da saúde

28/02/2023 às 12h35
Por: Site Feira 24 Horas
Compartilhe:
Jerônimo Rodrigues manda recado para Bolsonaro e expõe 'herança perversa' do ex-presidente:

Jerônimo Rodrigues aproveitou o lançamento da campanha de vacinação, no município de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), para anunciar a abertura do Centro de Referência em Doença Falciforme. Durante coletiva de imprensa, o governador da Bahia garantiu que a unidade será inaugurada logo no início do próximo mês.

"Entre os dias 6 e 14 de março nós vamos entregar esse centro de referência da anemia falciforme, aguardamos só essa data", garantiu ao relembrar, o que tratou como momentos difíceis das unidades de saúde responsáveis pelo tratamento da doença, com o antigo governo federal. Ao citar o ex-presidente Jair Bolsonaro, o gestor estadual garantiu que tem buscado resolver a situação com o presidente Lula.

"Ele deixou uma das heranças peversas, que foi reduzir e até eliminar o esforço dos hospitais e das clínicas para as pessoas que fazem hemodiálise. Quem tem parente com problema de saúde sabe o quanto que é difícil. São duas ou três vezes por semana e o valor que o SUS repassava, as empresas reivindicaram aumento, ele não deu. A Bahia entrou na Justiça na época. Mas, enquanto o Governo Federal não faz, o Estado vai pagar a conta, vamos fazer a complementação. Enquanto o Lula se programa, pois sei que a missão dele é nacional, mas nós vamos cuidar".

Jerônimo aproveitou ainda para provocar o ex-presidente, que segue nos Estados Unidos. "Fujão! Mas, quando ele voltar a Justiça estará aguardando ele e ele vai pagar 'tim tim por tim tim' que fez com Brasil. Ele vai ter o executivo aguardando ele. Como militar que ele disse que era, que é muito obediente às regras, ele sabia que tinha uma regra constitucional, de todo presidente e todo governador, passar a faixa para o eleito, mesmo que com a derrota, a democracia exije isso, mas ele fugiu".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias