20°C 29°C
Feira de Santana, BA
Publicidade

Morre Ravengar, um dos traficantes de droga mais conhecidos da Bahia

Raimundo Alves de Souza foi um dos grandes chefes do crime no estado nas décadas de 1990 e 2000. Em 2004, ele foi preso durante uma histórica operação da polícia baiana.

09/06/2023 às 15h12
Por: Site Feira 24 Horas
Compartilhe:
reprodução
reprodução

Morreu nesta quinta-feira (8) o traficante Raimundo Alves de Souza, mais conhecido como Ravengar, aos 69 anos, em Salvador. Ele era um dos traficantes mais conhecidos da Bahia, tendo sido um dos grandes chefes do crime no estado nas décadas de 1990 e 2000.

Ravengar estava internado no Hospital Geral Ernesto Simões Filho, com estado de saúde bem debilitado, em decorrência de problemas relacionados à diabetes. Ainda não há informações se ele estava em liberdade condicional, já que havia sido condenado há mais de 20 anos de prisão, em 2012.

O traficante comandou a distribuição de drogas em Salvador, na localidade do Morro do Águia, no bairro de São Gonçalo do Retiro. Considerado um dos homens mais perigosos da Bahia, Ravengar foi preso pela primeira vez em 2004, durante uma histórica operação da polícia baiana.

Em 2006, ele foi condenado pela Justiça a 25 anos e meio de prisão, e cumpriu parte da pena na Penitenciária Lemos Brito, no Complexo Penitenciário da Mata Escura. A pena de Ravengar acabou reduzida para 22 anos e seis meses de prisão em 2007.

No ano de 2012, Ravengar teve progressão de pena e passou a cumpri-la em regime semiaberto, no Presídio de Lauro de Freitas. Em 2013, o traficante foi posto pela Justiça em liberdade condicional. Quatro anos depois, em 2017, ele e a família foram presos em outra operação policial.

Na época, a polícia informou que, Ravengar seguia com atuação no tráfico de drogas, junto com dois filhos, um neto e a ex-companheira. Por infringir a condicional da liberdade provisória, ele voltou para a prisão. Não há detalhes sobre o sepultamento do corpo de Ravengar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias