18°C 27°C
Feira de Santana, BA
Publicidade

Vírus ‘zumbi’: conheça 6 vírus que estão acordando após 50 mil anos

Todos são considerados patógenos gigantes, ou seja, que são visíveis a partir de microscópios, e infectam amebas

18/10/2023 às 10h29
Por: Site Feira 24 Horas
Compartilhe:
Vírus ‘zumbi’: conheça 6 vírus que estão acordando após 50 mil anos

Uma equipe de cientistas franceses está há anos estudando os chamados ‘vírus zumbis’, patógenos adormecidos há mais de 50 mil anos que podem voltar à vida e infectar humanos devido ao aquecimento do planeta e, consequentemente, ao derretimento das calotas polares que estão congelados.


Os cientistas são liderados pelo virologista Jean-Michel Claverie, 73 anos, passou mais de uma década estudando vírus “gigantes”, incluindo aqueles com quase 50 mil anos encontrados nas profundezas das camadas do permafrost da Sibéria.
Ano passado, o cientista e sua equipe, fizeram uma investigação extraindo vários vírus antigos do permafrost e todos eles eram prejudiciais à saúde e infecciosos foram ao todo 13 novos vírus, incluindo um congelado debaixo de um lago há mais de 48.500 anos. Confira alguns dos principais vírus que os profissionais encontraram congelados.


Pandoravirus


A maioria dos vírus isolados das antigas camadas do permafrost são pertencentes à família Pandoraviridae. Segundo os cientistas, eles são os vírus gigantes encontrados mais enigmáticos, com os maiores genomas virais conhecidos e possuem a maior proporção de genes codificadores de proteínas de origens desconhecidas.
Entre os vírus encontrados desta família está o pandoravirus yedoma — o mais antigo a ser revivido a partir do permafrost até hoje. Com 48.500 anos, o Pandoravirus yedoma estava nos depósitos gelados no fundo de um lago de Yekuchi Alas, no extremo leste da Rússia. O formato da partícula do P. yedoma é oval, medindo cerca de 1 micrômetro de comprimento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias