Interior da Bahia
Após ser destruída em assalto, agência bancária permanece fechada por um ano e meio na BA
Prédio da prefeitura serve como posto provisório de atendimento para serviços como abertura de contas e desbloqueios de cartões
21/11/2018 14h02
Por: Rodrigo Santos
Foto: Reprodução | TV São Francisco
Foto: Reprodução | TV São Francisco

Após ser destruída em um assalto há cerca de um ano e meio, a agência do Banco do Brasil da cidade de Sobradinho, norte da Bahia, segue fechada durante todo este período após o crime, que aconteceu em julho de 2017. De acordo com reportagem da TV Bahia, desde a época nada teria sido feito para viabilizar a reabertura da unidade.

Com isto, o prédio da prefeitura serve como posto provisório de atendimento para serviços como abertura de contas e desbloqueios de cartões. Saques podem ser feitos apenas na casa lotérica, com limite de R$ 200 ou na agência dos Correios, com valores até R$ 1 mil. Porém, os moradores reclamam das dificuldades que a ausência da unidade causa.

Reclamação das filas na lotérica e a falta de determinados serviços bancários são duas das principais reclamações dos clientes. Para conseguir atendimento em uma outra agência da rede, na cidade de Juazeiro, algumas pessoas chegam a viajar cerca de 50 km. “Não supre a necessidade da gente. Então, nós temos que nos deslocar para cidades circunvizinhas, Juazeiro, Petrolina, para ver se soluciona esse problema”, contou o professor João Bosco.

Em nota divulgada à imprensa, o Banco do Brasil informou a normalização da unidade está em andamento, com previsão de término das obras no primeiro semestre de 2019. No comunicado, o banco ainda disse que funciona com aplicação da lei de licitações e também pela regulamentação de segurança estabelecida pela Polícia Federal, e que, por isso, existem regras e prazos a serem cumpridos. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários