Brasil
Porteiro de 71 anos é executado a tiros em frente a escola que trabalhava na Bahia
Corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML)
05/12/2018 22h03
Por: Rodrigo Santos
Foto: Reprodução | Prefeitura Cardeal da Silva
Foto: Reprodução | Prefeitura Cardeal da Silva

Na noite desta última terça-feira (4), um porteiro de 71 anos foi executado a tiros na entrada do colégio onde trabalhava, na cidade de Cardeal da Silva, a 142 km de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, dois homens teriam disparado na vítima durante tentativa de entrar na Escola Municipal José Osete de Carvalho.

Identificado como Júlio Gomes dos Santos, o homem morreu no local do crime. Até esta quarta-feira (5), ninguém havia sido preso ou identificado pela autoria do porteiro. Segundo o G1, a polícia segue duas linhas de investigação: uma aponta que a dupla tenha tentado invadir a escola para matar uma professora; a segunda trabalha com a hipótese de invasão para assaltar.

O corpo de Júlio foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Alagoinhas. A polícia não tinha informações sobre o sepultamento do idoso.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários