Brasil
Bolsonaro passa mal no 5º dia após a cirurgia; filho Carlos fala em recaída
O comunicado ainda informa que ele encontra-se em jejum e com nutrição parenteral exclusiva.
02/02/2019 19h16
Por: Rodrigo Santos
Reprodução
Reprodução

No quinto dia após a operação para retirada da bolsa de colostomia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se sentiu mal neste sábado (2). De acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, o presidente teve "um episódio de náuseas e vômito" e, por isso, segue usando uma sonda nasogástrica. 

No entanto, o boletim informa que Bolsonaro segue "sem dor, afebril e com exames laboratoriais normais". O comunicado ainda informa que ele encontra-se em jejum e com nutrição parenteral exclusiva.

Pelo Twitter, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, escreveu sobre o episódio. "Pela tarde meu pai teve uma recaída, mas está nas mãos de profissionais excepcionais e a situação se normalizou. Está descansando vendo o seu time jogar. Continuem com as suas orações e apoios! Faz toda diferença!", afirmou.

O Palmeiras --time para o qual o presidente afirma torcer em São Paulo-- perdeu por 1 a 0 para o Corinthians na tarde deste sábado. O confronto aconteceu no mesmo horário da votação que elegeu o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) para a presidência do Senado Federal.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários