OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
Prefeito do Paraná

Prefeito do Paraná é flagrado recebendo sexo oral em elevador

No mesmo hotel também foram registradas imagens de outro político andando nu pelos corredores

01/05/2019 08h49
Por: Rodrigo Santos

As câmeras de um hotel no Distrito Federal flagraram dois momentos de intimidade de políticos que foram até a cidade para participar da Marcha em Defesa dos Municípios, que contou com a presença de prefeitos de diversas partes do país. Rildo Emanuel Lombardi (MDB) da cidade de Tibagi, no Paraná, foi flagrado recebendo sexo oral de uma mulher e um chefe do executivo de Rondônia foi visto andando nu pelos corredores do empreendimento. As informações são do site Metrópoles, do DF.

Cerca de 5 mil participaram da Marcha, que já está em sua 22ª edição e ocorreu entre os dias 8 e 11 de abril deste ano. As inscrições, hospedagens e demais gastos decorrentes do evento forma pagos com dinheiro público, segundo afirma a publicação.

No caso do prefeito de Tibagi, o ato sexual aconteceu no elevador do hotel que fica no Setor Hoteleiro Sul. O vídeo mostra uma mulher se agachando, desabotoando as calças do parlamentar e acariciando as genitais dele. A ação é interrompida quando as portas se abrem, mas o prefeito as fecha rapidamente para que as carícias continuem. Logo após eles se arrumam e saem do espaço. O flagrante aconteceu em 4 de abril, dias antes do evento.

Em resposta ao site, Rildo disse não se lembrar de “sexo oral com nenhuma mulher dentro de qualquer elevador”, mas admitiu que participou de algumas noitadas nas boates brasilienses.

A outra situação foi de um prefeito rondoniense que apareceu desfilando pelado no mesmo hotel, quando deixou a suíte na qual estava hospedado por volta das 4h. Ele ainda pegou o elevador social e desceu até o saguão, onde foi contido por funcionários. Em resposta, o parlamentar, que não teve a identidade divulgada, informou que fez uso de bebidas alcoólicas depois de usar remédios para dormir e por isso ficou desorientado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.