OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
Dinheiro público

Prefeitura faz propaganda defendendo fim do dinheiro público no carnaval

Vale notar que a publicação não contém nem o logotipo da secretaria de Turismo, nem da Riotur.

07/06/2019 19h51Atualizado há 3 meses
Por: Rodrigo Santos

Em mais uma investida contra o carnaval, a prefeitura de Marcelo Crivella (PRB) lançou, em seu perfil oficial do Facebook, um vídeo patrocinado defendendo o fim do subsídio à festa popular.

Caminhando pelo Sambódromo, um apresentador alega que a iniciativa privada deveria tomar conta do baile, já que o município tem que cuidar de 100 mil servidores, 100 mil aposentados e 650 mil crianças. Vale notar que a publicação não contém nem o logotipo da secretaria de Turismo, nem da Riotur.

Na conta apresentada pelo ator, são R$ 70 milhões investidos — mas o gabinete da vereadora Teresa Bergher (PSDB) mostra uma cifra bem diferente.

Segundo dados do Fincon, em 2017, o gasto foi de R$ 32,6 milhões. No ano seguinte, a conta baixou para R$ 21,7 milhões, ou 0,4% de toda a arrecadação com ISS.

E a Hotéis Rio diz que a farra de Momo é tão importante quanto o réveillon: nas duas datas, a hotelaria fica com ocupação bem próxima dos 100% — de 30 a 50 pontos percentuais a mais em relação à média geral do ano.

"Acho que devemos cobrar mais seriedade das escolas com os desfiles. Não se pode aceitar o que aconteceu, com a falta de respeito ao resultado. E o prefeito também precisa ter responsabilidade com o orçamento que administra, embora seja tarefa dele fazer o possível para que seja mantida a tradição do carnaval do Rio, a maior festa da cidade, que atrai turistas do mundo inteiro e traz divisas importantes", diz .

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias