OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
JORNALISTA

Leda Nagle é criticada após falar de trabalho na infância

Declaração da jornalista causou polêmica no Twitter

07/07/2019 16h27Atualizado há 1 semana
Por: Rodrigo Santos

A jornalista Leda Nagle foi alvo de críticas de usuários do Twitter. Em um post, ela disse que começou a trabalhar quando tinha 10 anos de idade.

Eu comecei a trabalhar aos 10 anos no Armazém Mineiro, nosso armazém meu, do meu pai da minha mãe. Nós três trabalhamos juntos sempre. Eu ia pro Instituto Santos Anjos onde fui uma das suas melhores alunas e uma coisa nunca atrapalhou a outra – escreveu.

O tuíte de Leda surgiu após uma mensagem do juiz da Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas, que também afirmou ter começado a trabalhar desde cedo. O magistrado revelou ter trabalhado, aos 12 anos de idade, em uma loja de sua família.

Nagle rebateu os ataques. Ela explicou que não defende a exploração das pessoas.

Claro que sou contra exploração de qualquer ser humano, adulto ou criança. Mas eu acho que o trabalho em família, mantendo o tempo de estudar e o temp de brincar pode sim ser somado ao tempo de trabalhar se preciso for. No meu caso foi assim e foi uma experiência feliz – argumentou.

Ela defendeu ainda que a experiência no armazém a ajudou a se tornar uma pessoa mais comprometida. Leda disse ter orgulho daquele tempo e da função que exercia.

Declarações de quem é a favor ou contra o trabalho surgiram após uma live do presidente Jair Bolsonaro, no Facebook. Na transmissão, ele defendeu o trabalho na infância.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.