OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
SERGIO MORO

Ministro Sergio Moro pede afastamento do cargo

Ele alega motivos pessoais

08/07/2019 11h46
Por: Rodrigo Santos

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, pediu um afastamento temporário de seu cargo. Moro alegou que precisa “tratar de assuntos particulares”. De acordo com o Diário Oficial da União (DOU), o ministro ficará de licença entre os dias 15 e 19 de julho. Por meio de nota, o Ministério da Justiça e da Segurança Pública afirmou que o afastamento está previsto em lei e não será remunerado.

Por ter começado a trabalhar em janeiro, o ministro não tem ainda direito a gozar férias. Então está tirando uma licença não remunerada, com base na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 – explicou a pasta.

Ainda de acordo com um auxiliar do ministério, o afastamento estava previsto desde janeiro, quando Moro assumiu o cargo. Por este motivo, não relação entre os recentes ataques a Sergio Moro e sua conduta como juiz federal responsável pela Lava Jato em Curitiba.

No período de vacância, Luiz Pontel de Souza assume a pasta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias