OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
GOVERNO FEDERAL

Governo avalia usar parte do IR da classe média para transferir renda a mais pobres

Benefício seria direcionado à população que pode receber o Bolsa Família, pago a famílias com renda de até R$ 178 por pessoa

17/07/2019 12h05
Por: Rodrigo Santos

O Ministério da Economia estuda uma nova forma de transferência de renda para a população de baixa renda, que vem sendo chamado de Imposto de Renda (IR) negativo, de acordo com reportagem do jornal O Globo. 

O sistema deve criar uma nova categoria de contribuintes: aqueles que, além de não pagar o tributo, têm direito a receber um valor, que será pago pelo governo. 

Caso o novo modelo seja adotado, a tendência é de que o próximo reajuste da tabela do IR seja menor. O plano ainda pode sofrer ajustes dos técnicos do Ministério da Economia.

A medida seria uma contrapartida em relação a um menor reajuste da renda máxima para isenção do imposto. Atualmente, quem ganha até R$ 1.903,98 é isento de pagar o IR. Durante o governo de transição, foi discutida uma proposta de aumentar essa faixa de isenção para um valor próximo a R$ 5 mil. A ideia, agora, é que o reajuste da isenção seja menor.  O benefício seria direcionado à população que pode receber o Bolsa Família, pago a famílias com renda de até R$ 178 por pessoa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias