OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
VIXE

Vereadora quer impedir corrida de pelados em Salvador; 'a gente está vivendo um mundo estranho'

'Isso não pode acontecer na nossa cidade! Não é uma boa mensagem para passar às nossas crianças!', argumentou.

17/07/2019 10h28
Por: Rodrigo Santos

"A bíblia diz que por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará", o texto foi  citado pela vereadora evangélica, de Salvador, Lorena Brandão (PSC), ao ser questionada pelo Aratu On sobre sua motivação para protocolar uma moção de repúdio contra a Peladatona, uma corrida de atletas despidos, prevista para acontecer no próximo dia 6 de setembro, na orla da Barra.

A vereadora ressaltou que o evento afronta a moral e fere os valores que ela e a maioria da sociedade defendem. "Isso não pode acontecer com pessoas que pautam suas vidas em  princípios imutáveis como eu. A minha vida é pautada em valores da bíblia que são perenes", reforçou.

A edil argumentou que, apesar de o evento estar programado para começar às 23h, o   horário não justifica a ocorrência de uma atividade que vai inibir muitas pessoas que, por motivos diferentes, queiram estar no local. 

"Isso não pode acontecer na nossa cidade! Não é uma boa mensagem para passar às nossas crianças!", argumentou.

De acordo com a vereadora, "a gente está vivendo um mundo estranho" e as coisas estranhas vão se repetindo tanto que elas acabam se tornado naturais, ainda que não sejam. Para aumentar sua indignação, Lorena Brandão se surpreendeu com o posicionamento da bancada oposicionista da Câmara Municipal.

"Toda oposição da Câmara de vereadores foi contra a moção", disse, considerando um absurdo. Ex-candidato ao governo do estado, em 2018, o vereador Marcos Mendes (PSOL) disse, inclusive, durante a sessão ordinária, que participaria da Peladatona.

"Acho que ele estava brincando. Admiro o Marcos mendes, gosto muito de seus posicionamentos, mas ele não é livre pra sair, nu, na rua. Um vereador é uma autoridade e tem que se respeitar!". 

Tentando impedir que o evento aconteça, a parlamentar revelou que vai conversar com o prefeito ACM Neto para que as licenças não sejam concedidas, "porque isso fere a nossa liberdade de estar nas ruas", acrescentou.

PELADATONA

Um panfleto que tem circulado nas redes sociais anuncia uma caminhada nudista marcada para o início de setembro, em Salvador. Na imagem, a frase que estimula o potencial público - "Vamos viver e curtir a liberdade de expressão corporal" - aparece com as demais informações sobre o evento. O organizador, identificado como Valter Luiz Pereira, confirmou a caminhada, que tem concentração, às 23 horas, no Cristo, bairro da Barra, no dia 6 de setembro.

 

ARATU ON

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias