OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
BRASIL

Ex-jogador Cafu é investigado pela polícia por suposta ligação com o PCC

Registro de depósito em dinheiro está sendo investigado pela Polícia Civil

07/10/2019 14h26
Por: Rodrigo Santos

O ex-jogador de futebol, Marcos Evangelista de Morais, o Cafu, está sendo investigado por supostamente ter recebido dinheiro do Primeiro Comando da Capital (PCC). Segundo informações da revista Veja, um registro de depósito em dinheiro em favorecimento de Cafu está sendo apurado pela Polícia Civil de São Paulo.

A suspeita inicial da investigação é que o PCC tenha adquirido um terreno que pertencia ao ex-capitão da Seleção Brasileira, em Alphaville, na cidade de Barueri, no interior de SP. O registro do repasse do dinheiro foi encontrado em um celular apreendido com um homem apontado como uma das principais lideranças da fação criminosa, Décio Gouveia Luiz, o Décio Português.

Conforme a polícia, o homem seria responsável pela contabilidade do PCC, além de lavagem de dinheiro e ocultação de bens e valores. Ele teria entrado como um dos líderes após a prisão de Marcola, apontado pelo governo de São Paulo como o chefe da organização.

Em conversa com a publicação, Cafu negou e disse que a informação “não procede”. “Eu não tenho nem terreno em Alphaville”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias