OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
POLÍCIA

Delegada titular da Furtos e Roubos, investigada por tortura em Salvador, é exonerada e substituída

Para substituir a delegada, foi nomeado o delegado Glauber EIji Uchiyama

10/10/2019 13h43
Por: Rodrigo Santos
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A delegada Carla Santos Ramos, investigada pela prática do crime de tortura contra a funcionária de uma agência lotérica em Salvador, foi exonerada do cargo de titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos. A informação foi divulgada no Diário Oficial do Estado da Bahia desta quinta-feira (10).

Além de Carla, os investigadores Agnaldo Ferreira de Jesus, Carlos Antônio Santos da Cruz e Iraci Santos Leal também foram denunciados. Eles prestaram depoimento na Corregedoria da Polícia, que investiga o caso.

exonerar CARLA SANTOS RAMOS, Delegada de Polícia Civil, Classe I, matrícula nº 20.372.997-2, do cargo de Delegado Titular I, símbolo DAS-3, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos do Município de Salvador, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio, da Polícia Civil da Bahia, da Secretaria da Segurança Pública

Para substituir a delegada, foi nomeado o delegado Glauber EIji Uchiyama, que torna-se o novo titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Salvador. Os investigadores não foram citados na publicação.

Segundo a denúncia, a delegada assistiu os três investigadores agredirem-a com tapas e socos. A Corregedoria da Polícia Civil investiga o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias