OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
GOVERNO

Greve de grupo de PMs leva Rui Costa a adiar viagem para o Vaticano

A cidade registrou também casos de arrombamentos de loja, ataques contra bancos e ônibus nos últimos dois dias.

10/10/2019 14h33
Por: Rodrigo Santos
Por: Vagner Souza
Por: Vagner Souza

governador Rui Costa decidiu adiar sua viagem para o Vaticano, onde acompanharia a canonização de Irmã Dulce, por causa da greve declarada por um grupo de policiais militares na Bahia. A informação foi confirmada ao BNews pela assessoria de comunicação do governo estadual. 

De acordo com a assessoria, o petista ainda não cancelou sua ida ao evento, mas vai avaliar a situação no estado dia a dia. Por enquanto, segue o plano de acompanhar a canonização. Rui viajaria nesta quarta (9) para Lisboa e, de lá, seguiria para Milão, onde cumpriria agenda administrativa. Ele deve decidir até sexta (11) se ainda fará a viagem. 

Nesta terça (8), um grupo formado por cerca de 300 PMs, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), deflagrou greve por tempo indeterminado. O governo estadual nega que a corporação tenha aderido ao movimento e prega que o trabalho dos agentes segue em todo o estado, sem alteração. 

No entanto, a capital baiana tem vivido episódios de violência que deixam a população apreensiva. Entre 21h de terça e 5h da quarta, por exemplo, sete homicídios foram registrados em Salvador, um número incomum para o meio da semana. A cidade registrou também casos de arrombamentos de loja, ataques contra bancos e ônibus nos últimos dois dias. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias