OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
QUE SITUAÇÃO

Brasil: Marido mata mulher na frente da filha de 12 anos

Paolla Cristine da Silva Correia foi morta a tiros na madrugada desta segunda-feira (21/10), após uma discussão com o companheiro de 34 anos

21/10/2019 13h49
Por: Rodrigo Santos
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Uma mulher de 31 anos morreu assassinada pelo marido em Valparaíso (GO), município goiano distante cerca de 35km do centro de Brasília. Paolla Cristine da Silva Correia foi morta a tiros na madrugada desta segunda-feira (21/10), após uma discussão com o companheiro de 34 anos. Uma das filhas do casal, de 12 anos, presenciou a cena.

O delegado à frente do caso, Rafael Pareja, do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Valparaíso, explicou que o autor fugiu após atirar contra a esposa, mas policiais militares o localizaram três ruas abaixo da residência onde morava com Paolla. “Ele havia descartado a arma, mas disse onde a havia jogado. O item foi apreendido e ele, levado para a delegacia”, ressaltou.  

De acordo com o investigador, testemunhas informaram aos policiais que o casal tinha histórico de violência, mas que a vítima nunca havia registrado boletim de ocorrência. "Eles eram casados havia 15 anos e tinham duas filhas, uma de 12 e outra de 11 anos. A mais nova estava na casa de parentes e apenas uma presenciou o crime", informou.

Feminicídio 

Há uma semana, Denis Aparecida dos Santos, 46 anos, foi assassinada com um tiro no rosto dentro de casa, em Novo Gama (GO), também no Entorno do Distrito Federal. O caso é tratado como feminicídio. No dia seguinte, o principal suspeito do crime, Kléber Rogério, ex-namorado da vítima, foi encontrado morto próximo à Ponte do Bragueto, no Lago Norte. 

Em 14 de outubro, em Planaltina de Goiás (GO), um homem de 41 anos foi preso suspeito de matar a ex-mulher com três tiros. Segundo informações da Polícia Civil de Goiás, Reginal Pereira da Silva não aceitava o fim do casamento de 23 anos com Érica Sousa de França, 41. Eles estavam separados havia quase um ano, mas o homem insistia em continuar no relacionamento.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias