OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
BRASIL

Pr. Silas Malafaia proíbe uso de celulares durante os cultos

Regra também vale para pais que usam o aparelho para entreter crianças pequenas

10/01/2020 17h37
Por: Rodrigo Santos
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Em vídeo publicado no YouTube, nesta quarta-feira (8), o pastor Silas Malafaia anunciou que o uso de celular está proibido durante os cultos da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), da qual ele é o presidente. O mesmo vale para pais que usam o aparelho para entreter os filhos durante as reuniões.

– A partir de hoje está proibido o uso de celular em cultos e joguinhos de brinquedo para distrair seu filho. Vai distrair ele na tua casa, aqui não! A regra é: entrou aqui dentro, desligue o seu celular! – declarou Silas.

O pastor disse que as únicas exceções serão para a equipe que trabalha com a mídia da igreja e quando ele pedir para que todos filmem algo para divulgar nas redes sociais. Ele solicitou que os membros orientem as pessoas com educação, sem destratar ou constranger alguém. Malafaia aproveitou para lembrar que “o inferno está lotado de desobedientes”.

– Todo o teu espirito, alma e corpo são voltados para Deus. Você só tem um processo mental, não tem dois. Você já tirou a sua atenção quando pegou o celular e levantou para filmar alguma coisa. Isso é uma falta de reverência! Que culto é esse que o cara está com um celular na mão filmando com displicência?

No final de dezembro, o papa Francisco também fez uma alerta sobre o uso excessivo do aparelho. Durante um discurso, ele pediu que as pessoas falem umas com as outras durante as refeições em vez de usar celulares. O pontífice falou para que pais, crianças e avós tomem isso como uma tarefa. Ele já havia tocado no mesmo assunto em 2017.

– Fico muito triste quando celebro a missa na praça (de São Pedro, no Vaticano) ou na basílica e vejo tantos telefones erguidos. Não apenas dos fiéis, como também de alguns sacerdotes e, inclusive, bispos. A missa não é um espetáculo – disse o líder religioso há três anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias