Segunda, 30 de Novembro de 2020 14:14
(75) 99816-1138
Dólar comercial R$ 5,38 0.928%
Euro R$ 6,41 +0.63%
Peso Argentino R$ 0,07 -0.651%
Bitcoin R$ 109.838,29 +13.103%
Bovespa 109.307,96 pontos -1.15%
Feira de Santana FEIRA DE SANTANA

Prefeitura esclarece compra de peito de frango no valor de quase R$ 1 milhão em Feira de Santana

A Secretaria de Educação acrescenta que dezenas dessas unidades escolares são localizadas em bairros distantes do centro e também na zona rural – sede e povoados dos oito distritos do Município.

04/02/2020 13h10
Por: Site Feira 24 Horas
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A compra de peito de frango pela Prefeitura de Feira de Santana, no valor de R$ 931.800,00, para a merenda escolar, nada tem de anormal, informa a Secretaria de Administração, responsável pelo processo licitatório. O valor de R$ 15,53 por quilo não cobre apenas o custo do produto, em si, mas também despesas relacionadas com a distribuição. São 206 escolas da rede municipal.

A Litoral Norte Comércio de Produtos Alimentícios, empresa fornecedora, terá que utilizar, conforme o contrato, veículos refrigerados, combustível e pessoal de sua própria estrutura, para fazer a entrega, todo mês, enquanto durar o contrato, de quantidades que possam ser armazenadas pelas  escolas.

A Secretaria de Educação acrescenta que dezenas dessas unidades escolares são localizadas em bairros distantes do centro e também na zona rural – sede e povoados dos oito distritos do Município.

Não se trata, simplesmente, de “peito de frango”, como divulgado pelo veículo de comunicação. Os cortes são especiais, sem osso e pele – o filé de peito de frango, conforme descrição do mercado, portanto um produto mais caro.

O valor de R$ 15,53 o quilo, proposto pela empresa vencedora da licitação, corresponde precisamente a cotação feita pela Prefeitura em junho do ano passado, junto a três empresas fornecedoras, para formar o “preço médio” utilizado no Pregão Eletrônico de nível nacional.

A menor oferta apresentada no Pregão foi de R$ 13,48, que não prosperou em razão de a empresa ter sido desclassificada por problemas de documentação. Empresas cotadas pelo site não participaram da licitação.

 

SECOM

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias