Banner de Meire até abril
OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
QUE SITUAÇÃO

Funcionário de TV é preso após esfaquear companheira em Feira de Santana

Em nota, a empresa de comunicação responsável pela campanha "Sou Mulher, Quero Respeito" lamentou o ocorrido.

09/02/2020 11h44
Por: Zezito Souza
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma mulher foi esfaqueada pelo marido na noite de sábado, 8, na cidade de Feira de Santana, a 110 quilômetros de Salvador. Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 21h, em um residencial no bairro Conceição.

Ainda segundo a polícia, Jeremias Souza da Conceição atacou companheira por não aceitar um pedido de separação feito por ela. O ataque foi registrado em vídeos por vizinhos do casal.  Após ser esfaqueada, Elisângela Conceição foi socorrida em estado grave para uma unidade de saúde. 

Segundo o Portal A Tarde, o suspeito, que trabalha na TV Subaé, segue detido no Complexo de Delegacias, no bairro Sobradinho. Jeremias passará por audiência de custódia nesta segunda-feira (10). O estado de saúde da vítima é desconhecido.

Em nota, a empresa de comunicação responsável pela campanha "Sou Mulher, Quero Respeito" lamentou o ocorrido.

Leia na íntegra:

"A TV Subaé lamenta profundamente que um funcionário da empresa tenha se envolvido num episódio pessoal de violência contra a mulher, atentando contra a vida da esposa.

A Rede Bahia, da qual a Subaé é integrante, é ativa na campanha “Sou Mulher, Quero Respeito” e repudia qualquer ato de violência moral ou física contra as mulheres. Esse é um tema amplamente denunciado nos veículos de comunicação do grupo. Em todo o Estado, seguimos o mesmo princípio, independentemente do fato ter sido protagonizado por um dos nossos colaboradores.

A Rede Bahia e a TV Subaé se solidarizam incondicionalmente com a vítima e a família e acompanham seu atendimento e recuperação. Em relação ao funcionário, serão tomadas as medidas internas cabíveis, seguindo as diretrizes do código de conduta da empresa".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias