OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
COISA DO CÃO

Homem degola filha da ex-mulher com facão no Dia das Mães

Um homem de 36 anos assassinou a ex-enteada, 19, com um golpe de facão no pescoço na noite desse domingo (10)

13/05/2020 11h30
Por: Site Feira 24 Horas

Um homem de 36 anos assassinou a ex-enteada, 19, com um golpe de facão no pescoço na noite desse domingo (10), no Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. A garota tinha ido até a casa onde a mãe mora com o ex-padrasto na tarde de ontem para comemorar o Dia das Mães. Enquanto ela estava sentada no sofá da sala de casa, o ex-companheiro da mulher apareceu por trás e a degolou. A Polícia Militar ainda procura o suspeito, que pode ter fugido para a casa de um irmão na região Central de Minas Gerais.

No momento em que a filha foi morta, a mãe dava banho em outro filho. Ela conta que não escutou nenhuma discussão acontecer entre a garota e o ex-padrasto antes do crime, gritos também não foram ouvidos. Alguns instantes depois do assassinato, um terceiro filho da mulher correu até o banheiro para contar a ela o que tinha acontecido.

Após o homem matar a garota, a mulher conseguiu fugir com as duas crianças até a casa da avó delas que fica no mesmo beco no Morro do Papagaio. Uma vizinha relatou à PM que, nesse momento, escutou gritos da mulher que dizia: “ele vai me matar”.

À polícia, a mãe da garota contou que manteve um relacionamento amoroso com suspeito por cerca dez anos. Há dois eles estão separados, mas após término continuaram a dividir a mesma casa. O homem e a filha dela não mantinham uma boa relação e, por isso, a garota já tinha saído do imóvel e ido morar com a avó e, recentemente, vivia na casa de um namorado na região do Barreiro.

Nesse domingo, a jovem tinha retornado à casa da família apenas para passar o Dia das Mães. Ainda no sábado (9), segundo consta no relatório policial, o suspeito teria dito à mãe da garota que no dia seguinte ela teria uma “grande decepção”.

Desaparecido

Logo após cometer o crime, o homem de 39 anos fugiu do Morro do Papagaio. A polícia o procurou na casa de alguns irmãos dele, mas ainda não há notícias do suspeito. A esposa de um dos irmãos do suspeito contou aos militares que seu marido teria ajudado o criminoso a fugir. A ocorrência ainda está aberta, e o homem é procurado em pelo menos dois outros municípios de Minas Gerais além de Belo Horizonte.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias