Banner de Meire até abril
OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
AUXÍLIO EMERGENCIAL

Auxílio Emergencial: terceira parcela sai para beneficiários do Bolsa Família a partir de 17 de junho

Beneficiários aguardam calendário da terceira parcela; outros 10,7 milhões ainda esperam análise do pedido do benefício.

12/06/2020 07h54
Por: Site Feira 24 Horas

A Caixa Econômica Federal (CEF) informou que o Ministério da Cidadania ainda não definiu o calendário para pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial, exceto para o público que faz parte do Programa Bolsa Família, cujos pagamentos serão iniciados no dia 17 de junho. O calendário, entretanto, segue sem definição.

O banco encerra no próximo sábado (12) a liberação das transferências e saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositada em poupanças sociais digitais do banco. Com isso, o banco conclui o calendário de pagamentos já divulgado.

Ao anunciar o início do cadastramento no programa, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, apresentou um calendário que previa o início do pagamento da primeira das três parcelas de R$ 600 em 9 de abril. Já a segunda parcela deveria ser paga entre os dias 27 e 30 de abril, ficando a terceira para entre os dias 26 e 29 de maio.

Apenas a primeira data foi respeitada. A segunda parcela só começou a ser paga em 18 de maio, mais de 20 dias após o previsto. Já a terceira parcela - que, pelo calendário original, deveria ter sido paga ainda no mês passado - ainda não teve sequer o calendário divulgado.

Também não foi divulgado ainda o calendário de pagamentos da segunda parcela para os aprovados que receberam a primeira após 30 de abril. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, chegou a afirmar que o pagamento deveria ser feito um mês após o recebimento da primeira parcela - o que ocorreu entre os dias 19 e 29 de maio.

Além disso, segundo a Caixa, outros 10,7 milhões de trabalhadores inscritos no programa por meio do site ou aplicativo ainda aguardavam a análise ou reanálisedos pedidos até esta quarta-feira (10).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias