OLÍVIO FARMA - BANNER TOPO
CNJ

Gasto com Judiciário cresce 2,6% e atinge R$ 100,2 bilhões, diz relatório do CNJ

Segundo o documento, um juiz brasileiro custa aos cofres públicos, em média, R$ 50,9 mil por mês

26/08/2020 06h10
Por: Site Feira 24 Horas
Foto: reprodução
Foto: reprodução

O Poder Judiciário custou R$ 100,2 bilhões no ano passado, um crescimento de 2,6% em relação a 2018, segundo o relatório Justiça em Números, divulgado hoje (25), pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Gastos com salários, auxílios, benefícios e aposentadorias consumiram 90,6% deste total, média similar a de anos anteriores. De acordo com o documento, as pensões somaram cerca de R$ 18 bilhões. Um juiz brasileiro custa aos cofres públicos, em média, R$ 50,9 mil por mês.

Ainda segundo o documento do CNJ, apesar de os salários serem maiores nos tribunais superiores, os juízes estaduais custam mais aos cofres públicos em média: R$ 52,4 mil. Enquanto isso, nos tribunais superiores o valor médio dos gastos por magistrado é de R$ 51 mil. O STF não está incluído no cálculo, porque a Corte não é submetida ao CNJ.

Na Justiça Federal, o gasto médio mensal por juiz é de R$ 52 mil. Na Justiça do Trabalho, 42,5 mil. Na Justiça Militar Estadual, R$ 48 mil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias