Terça, 02 de Março de 2021 11:25
(75) 99816-1138
Dólar comercial R$ 5,68 1.341%
Euro R$ 6,82 +1.1%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.11%
Bitcoin R$ 295.226,8 +0.858%
Bovespa 107.953,12 pontos -2.16%
Feira de Santana FEIRA DE SANTANA

Fechada ao público e com sessões suspensas, prédios da Câmara são sanitizados contra Covid-19

Além disso tem sido disponibilizado álcool em gel em todas as dependências e as pessoas que adentram a Casa passam por medição de temperatura.

23/02/2021 18h15 Atualizada há 7 dias
Por: Site Feira 24 Horas
Fechada ao público e com sessões suspensas, prédios da Câmara são sanitizados contra Covid-19

Os prédios principal e anexo da Câmara Municipal de Feira de Santana foram sanitizados na tarde desta terça-feira (23), em uma ação preventiva para evitar a transmissão de Covid-19. O presidente da Casa, Fernando Torres (PSD), determinou  a medida em vista da ocorrência de nove casos de servidores infectados pelo coronavírus, nos últimos dias. Além da sanitização, realizada pela Secretaria de Serviços Públicos, Fernando decidiu ontem, junto com a sua Mesa Diretora, que a Câmara permanecerá parcialmente fechada ao longo desta semana, funcionando apenas  setores essenciais como contabilidade e recursos humanos. 

SIGAM NOSSO INSTAGRAM: @FEIRA24HORAS

"Precisamos agir para evitar que o número de casos não aumente. Estamos muito preocupados com a situação em Feira de Santana. Por isso, resolvemos fechar o plenário, a galeria e os gabinetes", justifica, referindo-se ao aumento do número de infectados no município, que cresce significativamente, inclusive ameaçando haver um colapso nos leitos de UTI nos hospitais locais. Sanitizar ambientes tem por objetivo desinfectar locais e prevenir seus usuários contra a transmissão de vírus, bactérias, micro-organismos patogênicos e fungos que possam desencadear doenças nas pessoas. 

SIGAM NOSSO INSTAGRAM: @FEIRA24HORAS

A Câmara adotou ainda, como medida de prevenção, o home office (afastamento do trabalho presencial de funcionários portadores de comorbidades que podem se agravar, caso venham a contrair a doença, bem como aqueles que têm mais de 60 anos e servidoras gestantes,  todos integrantes do chamado grupo de risco). Desde o início da pandemia, foi interrompido na Câmara o uso das catracas eletrônicas para acesso aos gabinetes dos vereadores, assim como a utilização de máscara se tornou obrigatória. Além disso tem sido disponibilizado álcool em gel em todas as dependências e as pessoas que adentram a Casa passam por medição de temperatura.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias