Terça, 13 de Abril de 2021 06:36
(75) 99816-1138
Dólar comercial R$ 5,72 0.84%
Euro R$ 6,82 +0.9%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.52%
Bitcoin R$ 379.911,69 +4.747%
Bovespa 118.811,74 pontos +0.97%
FEIRA DE SANTANA FEIRA DE SANTANA

Vereador se indigna com atuação de prepostos do 'Rapa' da Prefeitura de Feira

A declaração foi do vereador Pedro Cícero (Cidadania) durante discurso na Câmara Municipal nesta terça (30).

30/03/2021 18h38
Por: Site Feira 24 Horas
Foto: Reprodução / Câmara Municipal de Feira de Santana
Foto: Reprodução / Câmara Municipal de Feira de Santana

“Fiquei indignado quando vi ontem, no final da tarde, um pai de família andando numa rua da cidade com o seu carrinho de mão, tentando vender suas verduras para garantir o sustento da sua família e, de repente, vieram prepostos do “Rapa” e o abordaram”. A declaração foi do vereador Pedro Cícero (Cidadania) durante discurso na Câmara Municipal nesta terça (30). 

O vereador pediu ao prefeito Colbert Martins Filho que extinga o “Rapa” da cidade, pois, segundo ele, não contribui em nada para a população. E pediu ao secretário Antonio Carlos Borges Junior, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que prepare melhor os agentes. “Prefeito, o senhor deveria fazer uma reflexão e acabar com esse tal de “Rapa” porque os prepostos são despreparados, mal educados e não sabem conversar. O coitado do senhor foi encurralado e obrigado por eles a jogar suas mercadorias no chão”. 

Pedro Cícero afirmou, ainda, que a maioria dos vereadores concorda com o seu pensamento sobre a extinção do “Rapa”, composto por agentes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e com atuação, há mais de oito anos, no centro comercial da cidade. “Eles desgastam a sua imagem, prefeito, e sei que 80% dos vereadores daqui da Casa votariam a favor da extinção se fosse colocado aqui em votação”. 

 O vereador lamentou a situação vivida por muitos trabalhadores informais por conta da pandemia do coronavírus, já que eles estão vivendo, há mais de um ano, na incerteza, sem conseguir vender suas mercadorias por completo e sofrendo para conseguir “o pão de cada dia” e sustentar seus familiares.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias