Segunda, 21 de Junho de 2021 10:34
(75) 99816-1138
Dólar comercial R$ 5,04 -0.57%
Euro R$ 5,99 -0.4%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.05%
Bitcoin R$ 171.599,49 -9.336%
Bovespa 128.405,35 pontos +0.27%
FEIRA DE SANTANA SÓ DEUS NA CAUSA

COVID-19: Variante identificada em Manaus predomina em Feira de Santana

Melissa Falcão comentou sobre a capacidade de atendimento da rede pública feirense

09/06/2021 09h36 Atualizada há 2 semanas
Por: Site Feira 24 Horas
Foto : Reprodução
Foto : Reprodução

O registro de 452 novos casos da Covid-19 em Feira de Santana na última terça-feira (8) mais uma vez ascendeu o alerta das autoridades de saúde com relação ao avanço da doença e as formas de controlar a transmissão do vírus. Na cidade, segundo informado pela infectologista Melissa Falcão, coordenadora do Comitê Gestor Municipal de Cotrole ao Coronavírus, em entrevista nesta quarta-feira (9), predomina a variante P1, identificada pela primeira vez em Manaus, no Brasil e que ganhou a nomeclatura de "gamma".

"Nossa situação epidemiológica atual se deve principalmente a presença dessas variantes. No Brasil inteiro, a predominância das variantes está na P1 nessa variante de Manaus, que agora é chamada de gamma. E temos indícios que mostram que em Feira de Santana há uma predominância da P1. Então essa cepa de Manaus já predomina sobre a sobre a cepa selvagem em inicial [que foi identificada pela primeira vez em Wuhan, na China]. A cepa indiana não tem nenhuma confirmação na Bahia e nós não tivemos nenhuma suspeita em Feira de Santana, de pessoa que pudesse estar com essa cepa. Então, por enquanto, não é um problema real para nosso município, mas sem dúvida, isso será, porque estão se espalhando com a com a rapidez muito grande. Então estamos atentos a todas as pessoas que possam ter vindo de estados com confirmações da cepa indiana ou que chegaram de viagens para Índia ou pra algum lugar que tenha também essa variante", comentou Falcão. A Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) divulgará no da 16 de junho um estudo sobre a Covid-19 no município.

SIGAM NOSSO INSTAGRAM: @FEIRA24HORAS

Com relação aos mortes no município, a infectologista disse que Feira de Snatana mantém a taxa de mortalidade de 1.8% (em Salvador, 2.98%; na Bahia, 2.10%; no Nordeste, 2.46% e no Brasil, 2.79%). "Continua sendo uma das menores do país, porém a medida que esse casos positivos aumentam, o número de mortes também vai aumentar. Estamos em um período critico da pandemia, esse vírus se supera, a cada fase, estamos a mais de seis semanas , desde março com mais de mil casos semanais, então é um quatitativo muito grande", alertou a especialista.

Com a iminente chegada do periodo onde são realizadas as festas juninas, Melissa Falcão comentou sobre a capacidade de atendimento da rede pública feirense. "Está superlotada, temos pacientes em fila de internamento, para transferência para UTI e nossas UTIs não tem vaga. Então as pessoas que adoecerem de agora em diante podem não ter um leito para poder receber os cuidados necessários. Claro que temos as emergências, as UPAs, as policlínicas, como dar uma assistência, mas isso é limitado. E as UPAs e policlínicas também estão começando a encher", explicou. "Agora o dia nos namorados, que apesar de não ser feriado, todo mundo de alguma maneira se junta para poder comemorar. Então, vamos tentar fazer comemorações os casais sem festa, sem nada que gere maior contaminação. Temos que ficar atentos ao São João, nossa capacidade está excedida e não teremos a curto prazo como abrir mais vagas", resumiu a especialista.

Como gestora do Comitê, Melissa sugeriu algumas medidas a serem tomada pela gestão pública com forma de controlar a transmissão da doença, como reforçar as medidas de prevenção nas atividades diárias; restrição do horário de funcionamento das atividades comerciais; maior agilidade no resultado dos exames RT-PCR; aumentar a força de trabalho da vigilância epidemiológica; campanhas para população sobre sinais de gravidade; capacitar a rede de assistência e incentivar a vacinação. "Não temos como deixar quase 500 pessoas positivas em um dia e não fazer nada em relação a isso, são vidas que estão sendo perdidas e que não vão ser recuperadas após essa pandemia passar", lamentou. "Não é possível que as pessoas esperem em casa começar uma falta de ar, para procurar unidades de saúde. Então, ao primeiro sinal de febre, sinal de tosse, se você tem dúvida de como proceder, você deve ir na unidade de emergência para ser orientado", recomentou.

SIGAM NOSSO INSTAGRAM: @FEIRA24HORAS

Sobre a vacinação, Melissa disse que os efeitos serão coletivos. "A gente vai conseguir um efeito maior quando 70% da nossa população estiver vacinada. Com isso, o vírus circulando menos e causando menos infecções e menos morte. E aí a gente vai ver um controle efetivo". "Não há justificativa pra se indicar o uso de ivermectina, de hidroxicloroquina que já está mais do que comprovado que não tem benefício e dizendo não se vacine. Então isso é um crime contra a saúde pública que não deve ser permitida", desabafou.

As considerações da infectologista foram endossadas pelo prefeito Colbert Martins. "É a forma de que estamos conduzindo, desde março do ano pasasdo. A forma de conduzir é um trabalho correto e muito técnico", comentou o prefeito.

AJUDE NOSSO SITE!

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho.

FAÇA SUA DOAÇÃO, VAMOS DEIXAR ESSA ABA DISPONÍVEL POR ALGUNS MESES ENQUANTO DURAR A PANDEMIA.

PIX: 40.108.165/0001-04

(CASO DESEJE UM BOLETO OU OUTRA CONTA, TAMBÉM PODEMOS TE ENVIAR)

 

 

FONTE: FOLHA DO ESTADO

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 10h26 - Fonte: Climatempo
25°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 27°

25° Sensação
16.1 km/h Vento
62% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quarta (23/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias