Sexta, 15 de Outubro de 2021 19:27
(75) 99816-1138
BAHIA BAHIA

Vítima de 16 anos morta em 'paredão' saiu escondida da mãe: 'dava conselhos'

O jovem, morador do bairro, aproveitou que a mãe dormia e saiu escondido para a festa. Outras 12 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para unidades de saúde da capital baiana.

13/10/2021 19h43
Por: Site Feira 24 Horas
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Alexsandro dos Santos Seixas, de 16 anos, é uma das seis vítimas do tiroteio que aconteceu em uma festa tipo “paredão”, no Uruguai, em Salvador, na madrugada desta quarta-feira (13). O jovem, morador do bairro, aproveitou que a mãe dormia e saiu escondido para a festa. Outras 12 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para unidades de saúde da capital baiana.

De acordo com a mãe, Alcione, na noite anterior, ela chegou do trabalho e, cansada, resolveu dormir. Não imaginava, no entanto, que, às 1h30, acordaria com a notícia de que seu filho havia sido baleado. 

“Eu estava dormindo, não sabia [que ele tinha saído de casa], ele foi embora, meu filho. Eu disse a ele: ‘não saia’, enquanto eu dormia ele saiu escondido. Eu deitei porque estava cansada do trabalho e acordei com a notícia. Ele fez 16 anos no dia 24 de setembro”, contou em entrevista à TV Record Itapoan.

Alcione diz que dava conselhos ao filho para não evitar esses tipos de festa que reúne muitas pessoas, som alto, drogas e bebidas alcoólicas.“Eu aconselhei muito ele, falei muito com ele, agora, só lembranças. É muita tristeza, meu Deus”, completou a mãe. 

Outras vítimas

Além de  Alexsandro, foram confirmadas as mortes de Deivison da Conceição Santos Santana, Adriane Oliveira Santos, Jailton Sales do Santos e Terezinha Sales dos Santos. A sexta vítima não foi identificada.

Oito pessoas foram socorridas e encaminhadas por populares antes da chegada da PM para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Santo Antônio; cinco para o HGE (Hospital Geral do Estado); duas para o Hospital do Subúrbio; e uma para a UPA de San Martins.

Os motivos do tiroteio que matou as seis pessoas ainda estão sendo investigados pela polícia. As linhas de investigações são todas preliminares. De acordo com a diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro, ninguém foi preso, mas dois suspeitos de terem efetuado os disparos já foram identificados. Ainda segundo ela, a motivação poderia ter sido uma briga.

 

 

BNEWS

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias